Páginas

terça-feira, 21 de julho de 2009

A LUA e EU

Foi tão comentado o assunto sobre os 40 anos em que o homem pisou pela primeira vez na lua, que, acabei me lembrando de uma historinha da minha infância.
*
A Lua e Eu:

Desde criança sempre fui fascinada pelas paisagens que se encontram nas estradas, e, assim, todas as vezes que viajávamos, em família, de carro, eu ficava olhando as paisagens completamente distraída.
Mas eis que um belo dia de domingo, quando voltávamos da casa da minha avó, à noite,
aconteceu algo muito estranho: eu olhei para a lua e percebi que ela estava seguindo o carro.
Eu não conseguia acreditar que aquilo pudesse estar acontecendo de verdade. Então deixava de olhar para a lua e, tentava me distrair com outra coisa. Mas, quando voltava a olhar novamente (...) lá estava ela a nos seguir!
O medo foi ganhando forças dentro de mim, e, aí senti que já era hora de contar para meu pai o que estava acontecendo.
Foi nesse momento que disse, já bem assustada:
- Pai, a lua ta bem seguindo a gente!

Hoje, não mais uma criança, imagino a vontade que deve ter vindo no meu pai de rir muito do absurdo.
Mas lembro-me que ele respondeu:
- É mesmo minha filha?! Então fica aí vigiando que vou tentar chegar depressa em casa antes que ela nos pegue
.
E assim fiquei: vigiando, vigiando, vigiando a LUA.
***
Para ser sincera, até hoje gosto de vigiar :D


Fotografias/junho 09 - por Sandra Valeriote

2 comentários:

Anônimo disse...

Com certeza uma vigília que valeu a pena.
Abraços, Larry.

passarinho disse...

Lindas luas. Também tenho, no meu arquivo e no meu conceito, lindos 'alvoreceres'. Volto a ti, já, já, assim que o apagão o permitir.
Ainda sou um passarinho.
Bebeto Alvim.