Páginas

quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

ANO VELHO X ANO NOVO

Para o ANO NOVO já se cantam as boas vindas:
O ANO NOVO que chega sem mácula, sem remendos.
O ANO NOVO que chega PURO! Tão puro que se percebe o anseio em tocá-lo: para sentirem um pouco daquilo que já não mais se possui.
Eis que o ANO NOVO já escuta os júbilos pela sua chegada - e se alegra; até se envaidece.
Ah! Tão inocente ANO NOVO! Nem sabe que já logo ao nascer serás tocado pelos que vem do ANO VELHO - ficarás maculado, ficarás remendado. Imediato perderá a pureza, e já será como o ANO VELHO: esse, agora, ignorado. Em breve?! Em breve não terás como fugir de assim, também, ser ignorado pelos que agora o engrandecem. Já logo ouvirá: FELIZ ANO NOVO! e sorrirá enganado; pois será para o outro ANO NOVO, que virá para apagá-lo.
BOA SORTE ANO NOVO!
ADEUS ANO VELHO – e para você que se apaga posso dizer: eu te vivi... VALEU!!
Paz e bem!


Nenhum comentário: